13/08/2014

Meu amor é todo teu


Uma vez disseram-me que era chato ver o namorado todo santo dia. Que logo a gente enjoava da rotina, e depois, dele. Disseram também que era bom que houvesse um limite de tempo juntos, segundo terceiros, isso faria com que a vontade de se ver aumentasse. Falaram, falaram, falaram. E naquele tempo, pra mim, até que essas teorias estranhas e duvidosas faziam sentido. Porém, erraram. Agora, ao meu ver, aquilo era na verdade brincar de namorar.

Você que tá lendo isso aqui, tem noção disso aí?

Certo dia conheci um cara. Alto, calado, inteligente, engraçado, olhos escuros, com topete castanho e barba de três ou quatro dias. Lindo, fofo, educado, tímido. E também meio ousado. Aquele tipo de pessoa que faz com que o mundo pareça mais bonito, melhor, maior. Que faz qualquer fim de tarde ser especial. Que causa ansiedade na gente, tira o sono e põe sorrisos no nosso rosto o dia todo. Com ele não tem rotina, mesmo se a gente fizer sempre os mesmos programas. É o tipo de homem que pode ter qualquer mulher na hora que quiser, mas, que por algum motivo, me escolheu.

Você que tá lendo isso aqui, tem noção disso aí?

Eu, por minha vez, tagarelo o tempo inteiro, peço ajuda à ele com a matemática, não sei fazer piada (mas sei rir das minhas fotos bugadas, serve?). Eu sou antônimo de quase tudo que ele é, e é ele o sinônimo de todo o meu amor. Quero ser pra sempre a pequena dele, e a gigante para o mundo.

Nossos planos são muitos e no início eu até tinha receio... Mas hoje se tornaram os maiores sonhos da minha vida!

Você que tá lendo isso aqui, tem noção disso aí?

Quero dar-lhe presentes, escrever coisas bonitas, acordá-lo com beijos e, de vez em quando, com balas fini também, porque sei que ele gosta. Quero ser a melhor amiga, a namorada e a esposa desse cara.

Não gostamos de ficar longe um do outro, precisamos estar juntos sempre. Tem que ser de segunda a domingo, e quando passamos um diazinho longe rola estresse, muita saudade e raiva de Murphy. Idiotice? Espera só acontecer com você, de verdade! Isso é muito bom, pode confiar em mim.

Você que tá lendo isso aqui, tem noção disso aí?

E se ele estiver lendo isso, nem que seja pela milésima vez, quero que saiba que...

Meu amor é todo teu, Dengo meu.

8 comentários:

  1. Ai que amoooor, adorei! Infelizmente não tenho noção do que eu li, mas se algum dia eu encontrar alguém especial, espero que eu tenha um relacionamento assim cheio de amor e carinho!
    Beijos, Jú pseudobailarina.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, espero que um dia você sinta tudo isso e mais um monte! Beijo!

      Excluir
  2. Que lindo!!! Escrito muito bem, viu???
    Amei!
    Beijos e fique com Deus!
    Batom de Framboesa
    Tem post novo e sorteio super legal no blog! Já viu?

    ResponderExcluir
  3. Tenho noção sim, porque a cada trecho que li se parecia com minha história, não em tudo, mas, na maior parte. Amei o post.

    Beijos da Bia!
    Plumas e Paetês

    ResponderExcluir
  4. Nossa sempre arrasando nos textos! Realmente eu também já ouvi muito isso, e hoje sou casada e não consigo ficar um segundo longe do meu marido que é um homem maravilhoso! Adorei Dieniffer, falou tudo neste post! Super beijos
    www.garotanotamaxima.com

    ResponderExcluir

Obrigada por dar sua opinião!